sábado, 4 de fevereiro de 2017

Aqui há gato 🐱🐈

Fonte: https://images-na.ssl-images amazon.com/images/M/MV5BZjg2YzJlZDAtZjY0MS00NzQwLTg3NDEtMjcwZjczMDMyNTRkXkEyXkFqcGdeQXVyMjA4OTUzODI@._V1_.jpg


🐈


Os gatos são criaturas extremamente inteligentes e fiéis. Apesar de senhores do seu nariz, conseguem salvar vidas. O filme A Street Cat Named Bob é a prova (felpuda) disso mesmo. 

James Bowen é um jovem toxicodependente e sem abrigo. Vive com uns trocos no bolso, uma guitarra às costas, um capuz sobre a cabeça e uma mochila com alguns bens essenciais. Durante o dia, toca pelas ruas. De alguma forma, enquanto o sol está alto, a música suprime as suas angústias. 

Contudo, quando cai a escuridão, cai, irreversivelmente, a tristeza. Na esquina que escolhe para pernoitar, James oscila entre a cocaína e a heroína.

Depois de quase ter sofrido de overdose, James sente-se encorajado para entrar num programa de desintoxicação. Uma vez no projeto, os autopropostos recebem um teto e alguma comida para iniciarem a sua jornada.

Ainda a conhecer os cantos do seu novo refúgio, o guitarrista depara-se com uma visita inesperada: Bob, o gato que vinha com a missão de o salvar. James começa por acarinhar o inquilino ruivo, mas nunca se compromete a adotá-lo. O que é certo é que Bob vai ficando e insiste em acompanhar os passos daquele que escolheu para dono.

Com a ajuda de Betty, uma ativista que habita no mesmo prédio, Bowen consegue atendimento veterinário para Bob e tudo parece a tornar-se mais definitivo. Bob consegue mesmo ficar com James!! O carinho que une os dois companheiros é notório. Para James, Bob é a sua nova adição.

Às costas do dono eleito, o gato laranja faz furor pelas avenidas de Londres. Os turistas atiram gorjetas e desejam levar para casa uma selfie com as estrelas! Finalmente, a vida entra nos eixos para estes gatos de rua.


Fonte: http://cdn.bigissue.com/sites/bigissue/files/1/82/luke_treadaway_james_bob._a_street_cat_named_bob._hackney._photo_by_andreas_lambis_0.jpg

Tudo ia bem, até James perder a licença que o permitia tocar na avenida. O dinheiro escasseia e a fome aperta. A tentação de voltar a consumir é grande, porém o guitarrista decide iniciar o processo de desmame e limpar, definitivamente, o organismo.

É uma etapa muito dolorosa que Bob acompanha ao minuto. Nunca abandona o seu dono, assistindo às dores, às tremuras e às lágrimas compulsivas.

Findado o momento dramático, surge a oportunidade de escrever um livro acerca das aventuras que James viveu com o felino. A fama que ambos tinham na Internet, favoreceu o aparecimento deste convite por parte de uma editora.

A economia cresce e, para além de escritores, os fiéis companheiros tornaram-se ativistas, apoiando os direitos dos animais e dos sem abrigo.

A verdade é que o filme é uma biografia do próprio autor e artista de rua James Bowen. Ainda hoje, o gato Bob se desloca às cavalitas do dono.


Fonte: https://images.indiegogo.com/file_attachments/1260799/files/20150302021621-James-Bowen-Street-Cat-Bob.png?1425291381


Fonte: http://i.dailymail.co.uk/i/pix/2012/11/04/article-2227639-124060C8000005DC-508_634x445.jpg

 🐱🐈

Escrito por Susana Ferreira. 

Sem comentários:

Enviar um comentário