quinta-feira, 29 de setembro de 2016

A última palavra


Fonte da imagem de base: https://keer.wtf/wp-content/uploads/2016/08/large.jpg


Há um nicho de pessoas que, por algum motivo, precisa que EU aprove as suas convicções, crenças, palpites,... Sinto-me lisonjeada por quererem a minha anuição, contudo entendam que, na maioria das vezes, vocês não precisam dela... Acreditem, não vai acrescentar nada. Vou brindar-vos com alguns exemplos que ilustram este meu dilema. 

Como já vos disse, o meu atual trabalho implica o contacto com o público (demasiado contacto, aliás), como tal há pessoas que sentem satisfação em ouvir a minha ''última palavra''. Querem ver?


Situação n.º 1:

Senhora: Menina, quero que me passe estes descontos na minha compra.
Eu: Esses descontos já estão fora da validade... Já não os vai poder utilizar...
Senhora: O que?? Ai meu deus!! Isto é tudo para enganar uma pessoa! É só para enganar o povo!
Eu: ...
Senhora: Não é???!!!??
Eu: (sorrio)
Senhora: É ou não é? Ora diga lá!!
Eu: (sorrio desconfortavelmente)
Senhora: Mas diga lá!!! Tenho ou não tenho razão??? Diga lá!!!!

Ora aqui está o momento em que eu tenho de anuir para terminar a conversa... A senhora queria, desesperadamente, que eu aprovasse a sua opinião! Suplicou quase! Só assim poderia pagar e ir, livremente e de consciência tranquila, para casa...

Eu: Sim, tem razão. - digo muito constrangida.
Senhora: ESTÁ A VER!!!! ATÉ VOCÊ ACHA!!!! (Na verdade, eu fui coagida por si!) É TUDO PARA ENGANAR O POVO! 



Situação n.º 2:

Um cliente gingão, cinquentão e atrevidão chega à caixa a atirar ''postas de pescada'' machistas e inconvenientes.

Normalmente, fujo dessas tiradas muito bem: corto a conversa, as pessoas percebem que estão a ser desagradáveis e o assunto morre ali.


MAS 

este senhor queria mais... Queria que eu vislumbrasse a foto de perfil do seu Facebook porque, espantem-se, queria que eu comprovasse que ele tinha uma foto muito cómica, vestido de Talibã, no meio de um local deserto e, por isso, muito divertido e dado à galhofa.

Porque sabia que ele não ia pagar sem a minha fatal anuição, dou uma espreitadela, a medo, no seu telemóvel previamente colocado bem na frente dos meus olhos sensíveis... Sorrio e assinto sem emitir qualquer som e pergunto se vai pagar com multibanco ou dinheiro. E assim, com um aceno de cabeça, salvei mais um dia.



Situação n.º 3:

E agora, a pior de todas... A que merece ser galardoada... O pináculo da javardeira! A terceira e última situação que pedia, CLARAMENTE, o meu veredicto.

Eu: Peço desculpa, a carne que trouxe não tem código de barras... Vou pedir a um colega que a vá pesar, pode ser?
Senhora: Sim, menina. Não há problema.

Cinco minutos depois, a carne chega. A cliente paga e começa a encavalitar as compras nos seus braços. Encavalita aqui, encavalita ali, a carne (um lombo de porco reluzente, para ser mais específica) cai no chão e, o invólucro que a mantinha em vácuo, abre-se.

Nisto, aproveitando que a carne está aberta, a cliente acha por bem começar a analisá-la ...

Senhora: Menina, esta carne tem uma cor muito esquisita... Não tem? Não acha??? Ora veja lá!!!!!
Eu: Realmente, não me parece uma cor muito própria... Mas eu não percebo muito de carnes...
Senhora: TXIIIIII E CHEIRA MAL!!!!
Eu: Então o melhor é ir trocar ou devolver. Pode dirigir-se ao balcão de apoio... Lá, os colegas vão devolver-lhe o dinheiro ou trocar por outra carne.
Senhora: MAS CHEIRA MESMO MAL!! CHEIRE!!!
Eu: (Já cheia de medo... Não queria inspirar aquele bafo de lombo suíno estragado!!) Não é necessário, eu acredito na senhora.
Senhora: MAS CHEIRE PARA VER COMO EU TENHO RAZÃO!!
Eu: Não, não! Não é necessário. Acredito em si! Não se preocupe.
Senhora: MAS C-H-E-I-R-E!!!!!!!!!!!!!!!!
Eu: (Cheirei. Quase bolsei.) Sim, tem razão.
Senhora: VÊ!!! EU TINHA RAZÃO!!!


O meu dia acabou aqui. Num lombo de suíno esverdeado.



Escrito por Susana Ferreira

4 comentários:

  1. Realmente aparece cada pérola... :)

    Beijinhos

    Lina Soares
    http://trintaporumalinhanoticias.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só resta ter paciência... Ponto positivo: Há muitas histórias para contar. =D

      Beijinhos Lina e muitas felicidades para o seu blog =)

      Eliminar
  2. Atendimento ao público é do piorio :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo :D Mas também há pessoas muito simpáticas e, sobretudo, empáticas :) beijinhos.

      Eliminar