sexta-feira, 1 de julho de 2016

Queridos, já sei mudar a casa!


A vida dá voltas e voltas ... Repentinamente, vamos parar aos lugares mais inusitados! Bricolage? Eu? Barra! Os queridos não devem estar a perceber nada, mas eu explico: estou a trabalhar, temporariamente, numa loja de materiais de construção, bricolage, etc, etc, etc,... Mais pormenorizadamente, a minha função passa por traçar uma espécie de inventário. 

- Mas, Susana, como assim? Tu não tens perfil para isso! 

- DESCUUUUUUUUUULPEM?? Por acaso sabem distinguir um tapete scarpa de um capacho coco??  E distinguir um rack de uma gôndola? E, já agora, o que é uma ilha? Pooooois... #orgulhodopai


Fonte: http://d2vrsup6vl2y4n.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/beyonce222.jpg


Apesar de já me saírem torneiras de monocomando e misturadoras pelas orelhas ou casquilhos, juntas, uniões e sifões pelos olhos, temos de saber olhar as oportunidades de uma forma positiva e enriquecedora. Há maravilhas que não têm preço, como por exemplo, saber, FINALMENTE, o que é PVC, MDF e contraplacado. 


No meio de primários, tintas acetinadas, isolantes, salamandras, interruptores, candeeiros, cortinas, exaustores, tampos de cozinha, armários por medida, sanitas e ventoinhas ficámos* a perceber que, um dia, ter uma casinha vai ficar muito dispendioso. Forretas como somos, achamos que, por este andar, duas ou três telhas, quatro ou cinco ripas e uma folhinha de MDF (adoro dizer MDF) são suficientes para viver. 

*Sim, eu e a Rita... Não ia mandar-me assim à bricolage sem uma companheira de guerra que sabe ler plantas de lojas como ninguém! Ah, e com um sentido de orientação exímio! Eu sou mais confiançuda e penso que a minha memória fotográfica basta para decorar filas e filas de artigos para o conforto do seu lar. 


Apesar de sermos novatas nestas andanças, percebemos que está tudo a fluir quando um senhor de provecta idade se dirige a nós, perguntando:


«Sabem se o senhor X já veio cá buscar as paletes de telhas?» 






Escrito por Susana Ferreira.

Sem comentários:

Enviar um comentário