sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

TAG: Factos Estranhos Sobre Mim


Fonte: https://45.media.tumblr.com/612a4f18f712b5fec0cf10e891bf71ee/tumblr_o2jlaaTUBj1ugj5yro1_500.gif

Hoje é dia de ostentar toda a nossa weirdness e concluir que, no fundo, todos nós temos as nossas particularidades ... Não há que ter vergonha! Aqui vão cinco factos estranhos que reunimos acerca de cada uma de nós =D 


Susana

1. Paragens cerebrais. POIS. Eu sou daquelas pessoas que precisa de se abstrair do mundo terreno e viajar para um mundo que só existe na minha cabeça. Já me aconteceu estar a conversar com as pessoas e, repentinamente, parar no tempo e desligar da conversa. Normalmente, até me perguntam «Por que razão estás a olhar assim para mim?»... Na verdade, eu não estou a olhar para vocês... Aparentemente eu estou a olhar para vocês mas, na realidade, eu estou a pensar em coisas que nada têm a ver com vocês. Eu prometo que não sou psicopata. Apenas tenho uma necessidade de ir ao meu mundo de dez em dez minutos. 

2. Dar voltas às mesas. Quando estou perdida nos meus pensamentos, começo a deambular à volta da mesa que estiver perto de mim. Para reforçar, eu não sou psicopata. 

3. Tiques nervosos. Numa situação em que tenha de me expor publicamente, falar para um público, por exemplo, apresento alguns tiques nervosos que são bastante irritantes para quem está a assistir: engulo em seco, mordo os lábios e, um clássico, mexer a perna direita como se estivesse a pressionar um pedal. 

4. Rir sozinha. Por vezes, lembro-me de situações engraçadas e sorrio involuntariamente. Onde quer que esteja. 

5. Descer uma estrada com o carro em ponto morto. Isto é estúpido. Eu sei. Não repitam em casa. Sabem quando andam num baloiço e parece que o vosso coração está a cair? Pois. Digamos que eu tenho essa sensação quando desço uma estrada em ponto morto. E gosto. 


Sónia

1. A paranóia com os pés. Pés são a parte mais horrível do nosso corpo! Acredito plenamente que os pés de toda a gente são horríveis, por isso, ninguém toca nos meus nem eu toco nos pés de ninguém. Só se a pessoa estiver a morrer e a salvação passar pelos pés.

2. A obsessão por pestanas. É uma das primeiras coisas que reparo nas pessoas, homens e mulheres. Demoro imenso tempo a colocar máscara de pestanas por isso mesmo, faço de tudo para que se destaquem!

3. A lavagem dos dentes. Sabem quando éramos pequeninos e íamos ao dentista e ele sempre nos dizia que tínhamos de demorar 3 minutos a lavar os dentes? Eu levei esse recado muito a sério e demoro tempos infinitos a lavar os dentes, até chego a chatear as pessoas que estão ao meu lado.

4. A porcaria das etiquetas. Sempre, mas mesmo sempre, que eu compro alguma peça de roupa (roupa interior incluída) a primeira coisa que eu faço quando chego a casa é cortar logo as etiquetas! Mas por que é que existem?? Não as aguento.

5. A importância das fotografias. Consigo passar horas e horas a fio a ver fotos e vídeos que tenho no computador, álbuns de fotografias, fotos que estejam nas redes sociais... Não me perguntem porquê, mas sempre fiz isto e adoro. Sou uma nostálgica.


Mariana 

1. Arregaçar as mangas. No sentido literal e metafórico, a verdade é que tenho o costume de dobrar as mangas da camisola que estiver a usar e aí sim: estou pronta para o trabalho! No estágio, quando dava uma aula, mesmo no Inverno, (com uma escola sem aquecimento e onde em situação normal estaria a tinir de frio) milagrosamente esquecia-me da baixa temperatura e arregaçava às mangas até transformar uma camisola de manga comprida numa camisola sem mangas :D 

2. "Cabeça Torta". Eu não me apercebo deste hábito, mas é muito comum a minha mãe chamar-me à atenção para a minha tendência em pender a cabeça para o lado esquerdo.

3. Unhas cortadas. Não é brincadeira, penso mesmo que este comportamento é genético. Eu não consigo conservar unhas grandes, sequer médias, chego um momento em que é mais forte do que eu... tenho de cortá-las (tenho cá em casa um senhor que também passa a vida de corta-unhas na mão :D). Jamais eu poderia considerar ter as famosas e grandes unhas de gel!
O motivo passa pela sujidade que pode eventualmente acumular-se nesse local. Este hábito é tão normal que as minhas primas admiram-se nas raras vezes em que me vêem com unhas com tamanho razoável. 

4. Nata do Leite. Se há coisa que me enjoa só com o pensamento é essa gosma que denominam de nata do leite. DETESTO! É NOJENTA! 

5. Hábitos. Esta é uma tag sobre hábitos estranhos, e o meu hábito mais estranho é mesmo ser uma pessoa de hábitos (desculpem as repetições). Não tanto em casa dos pais mas quando morava sozinha, eu estabelecia mentalmente horas para tudo. Na realidade, eu ganho rotinas e se porventura num dia não posso realizar alguma delas, já não me sinto bem. #oldhabitsdiehard

Sem comentários:

Enviar um comentário