quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Os nossos animais



Batizei-o de Orfeu, dada a sua melodia encantatória. Ele ganhou o estatuto de animal de estimação, em casa, onde, por decisão de Helena, poucos são os que ocupam tal posição. E, porque, a condescendência se afigurou “sol de pouca dura”, voou Orfeu para outra paragem. Não fiquei feliz quando, um dia, soube que havia sucumbido às garras de um felino. No entanto, acalentei-me com a metáfora: ninguém é feliz numa gaiola.

Mariana Pinto.


Cara de safado mas já é um sénior. O senhor Simão Dias. O meu bebé. O Simão tem demasiada importância na minha vida, provavelmente por nos termos conhecido na minha adolescência e ele ter sido a maior e a melhor das companhias durante este tempo todo. Com ele, sou mesmo uma mãe galinha. Chorei no dia em que lhe vi um pêlo branco no bigode e foi aí que percebi que o senhor Simão não é imortal como eu sempre pensei que fosse. Mas, até essa altura chegar, o senhor Simão irá viver como sempre viveu nesta casa: como um lorde. Tem uma mãe e dois avós que irão garantir isso.

Sónia Dias.




Luísa e Leonel. Mãe e filho. Um é loiro, a outra é morena. Ela é uma lady e ele é um chanfrado. Têm três coisas em comum: hesitam quando um estranho entra na sua propriedade, têm ciúmes um do outro e são a fashion police das crocs, uma vez que as roubam aos vizinhos para as roer. Mas… Quer dizer… Quem é que ainda calça crocs


A Luísa foi abandonada no local de trabalho do meu pai e foi, certamente, mal tratada pelos antigos donos (tinha falhas no pelo e muito medo dos humanos). Hoje, é uma cadela muito querida, sossegada, bonita e fotogénica, como podem ver ;)  
O Leonel adora ser mimado. Gosta de saborear o seu patê, de massagens no seu banho e de passear. Faz jus ao seu nome, uma vez que tem força de leão! O seu pecado capital é raspar as unhas e os dentes nas carroçarias dos automóveis cá de casa. Ai! 
Apesar de tudo, são eles que nos fazem ter mais uma história para contar e que nos ajudam a desenvolver, também, o nosso lado afetivo. Vão sentir-se pessoas muito mais felizes com amigos destes :) 

E gatos?? Também tenho gatos!!! Mas essa é uma história para um outro post! ;)

Susana Ferreira.

Sem comentários:

Enviar um comentário